Meu perdão...





Hoje os pássaros voam e os anjos choram porque não mereço seu perdão.
Hoje  a chuva cai e os carros correm e eu ainda não estou em seu coração.
Talvez seja difícil explicar o Porquê das coisas,
E inventar motivos fúteis para as mesmas,
E chorar ao pé da cama para vê se agüenta.

Já as palavras não servem para traduzir sentimentos
E a culpa não cabe mais numa caixinha de sofrimentos
A lua pode ser testemunha dos nossos fatos
Mas você escolher enxergar apenas nossos erros
E a culpa é de quem?
Se Deus nos criou num mundo perfeito.

E se caminhar entre as pessoas te faz bem
E se prefere esperar o futuro refletindo o passado
Talvez eu tenha perdido o noticiário
E percebido que perdi muito tempo ao seu lado.

Decrépito  é rir da vida sem motivo
E você sabe bem os meus gostos
Só estou tentando ser mais interativo
E você barrando minha liberdade de expressão
Como castigo!
Como castigo!
Deixando-me sem ação
Se minhas frases tem correlação
E se sua vida perde a alma e não o coração
Como castigo
Dou-te meu perdão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Porque te amo!