Para além do infinito...




Deixe-me preencher sua boca com palavras doces de amor
E os momentos pareceram poeira ao vento...
Deixem-me deitar eu teus lindos olhos
E murmurar monossílabos de afeto,
E a vida parece tão pequena nessa louca ilusão...

Pois você é a minha menina
Minha rainha
Soberana do meu coração
De nada adiantara o dom da poesia
Se as minhas palavras não traduzem a nossa paixão...

Deixo-me guiar pelos teus passos
Pois meus pés se revelam pequenos e descalços
Sem teu magnífico beijo e teu caloroso abraço.

E todo dinheiro do mundo
Não compraria nem a décima quinta parte
De tua verdadeira beleza
Que reluz muito mais que o sol

Pois sei o quanto é generosos seus atos
E seu sorriso amigo
Mostra-me a luz para meus dias solitários
Pois seu que você é a cura
Quando eu estou desesperançado....

Que as palavras desse texto não se desfaçam
Como gritos pronunciados numa leve brisa
Mas toquem seu coração
Pois sei o quanto vale seu riso de mona-lisa
Em momentos de distração

E por fim, deixo, pra você minha eterna gratidão.
Pois um dia o momento chegará
E a paixão
Há tempos adormecida, despertará.
E selará nosso destino
Para todo sempre, além do infinito.

Comentários

  1. Adoreiiiiiiiiiiii seu blog ..Parabénssss..bjos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Resenha : Os Crimes do Mosaico - Guilio Leoni