como criança...


Ainda lembro do seu rosto
Ainda lembro do seu abraço
Do seu gosto
Do seu amor sem pecado



Lembro da noite enluarada
Do frescor da grama
Minha menina amada
Seu sorriso me encanta



Lembro do céu estrelado
Da exuberância da natureza
Do seu jeito mágico
De completar toda essa beleza



Lembro como se fosse ontem
E os minutos eram eternos
O tempo não obedecia a ordem
Parecia louco, incerto



Hoje só me resta a esperança
Como a lágrima lava a culpa
Mantenho acessa essa chama
Do amor, da confiança
Como nos nossos tempos de criança

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Porque te amo!