Rabisco e Risco






Eu rabisco e risco
Faço do gato o sapato,
Da prosa, poesia,
Da minha boca, profecia.

Eu rabisco e risco
De um risco curvilíneo
Crio meu labirinto
Das minhas mãos faço montanhas
Onde coloco meu castelo escondido.

Rabisco e risco
Do meu rabisco nasce um sorriso.
Dos meus riscos faço um mundo mais bonito
Eu risco e rabisco,
Pois nas linhas das letras
Faço-me poeta.
A vida que se julga tão perfeita
Faz-se viva
Entre riscos e rabiscos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Porque te amo!