Papéis em Branco




Palavras.
O que são palavras?
Perto do sentimento de amar
Um poeta, um coração de tinta a pulsar.
Na mão destra a caneta no papel a bailar.

Palavras.
Beijos em sua língua mortal
Ferida letal
Amor sem igual

Papéis avulsos são o que enxergo
Palavras loucas, toques poéticos
Por entre as brumas,
Duendes e bruxas
Terra mágica. Viajei, eu confesso

Palavras.
É o que o filosofo vos fala
É um dom, uma sina.
Papéis em branco fogem a minha vista.
E você se torna minha bela, amada menina.

Mas, mesmo que eu cruze outros mares
Mesmo que eu vá para outros ares.
Sempre estarei pronto,
Para preencher minha vida,
Em papéis em branco.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Resenha : Os Crimes do Mosaico - Guilio Leoni