Outro Espaço.



Sou astronauta de outro espaço,
Sou de outra época.
Feito de barro,
Procurando vida em outro planeta.

Vi macacos dominarem a Terra
Governos prometendo o mundo e o fundo
E você sentando esperando a cerveja,
Enquanto jovens ideias morrem com as guerras

Vim de uma lata e um monte de fios
Seu capital ainda não consertou minha perna
E o que será da fome que devora seus filhos?
Enquanto você fica sentando com a TV ligado tomando longos goles de cerveja.

Sou um Extraterrestre
Onde o gosto do seu beijo tem um quê de rupestre.
E ainda arruma uma maneira de levar você para o meu mundo,
Mesmo que o mundo mude e o deserto nos deixe imundos.

Sou visitante de outro espaço
E quando a vida acaba a morte vem com seu abraço
A sua filosofia não tem mais questões para tal paradigma
E o que faço,

é estar sempre correndo atrás de outro espaço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Resenha : Os Crimes do Mosaico - Guilio Leoni