Metamorfose





Algo incerto, mas nem tão profano
 Algo que vive em segundo plano
 Quem te escreveu
Comeu e não leu
Cuspiu e saiu algo lindo
 De favor, algo feito com amor.

Algo frio, insensível
Palpável sim, Tangível
Mas nasceu do lixo
Do garrancho foi escrito
Algo inexplicável, algo mundano
Mas foi concebido
Sem efeitos, sem nenhum dano

Algo que assombra as lembranças
Que  não deixa rastros
Mas fica escrito no livro das memórias
E resultados de boas ou más histórias

Algo do nada
Que se transformou em tudo
Algo vindo da Gália
Algo que vai mudar o mundo

Algo estranho
Algo cagado e cuspido
Algo no caminho
Alvo do cupido
No pulsar
No coração de um menino.

Comentários

  1. Oii tudo bom?
    obrigada por sua visita la no blog ,volte sempre :D
    adorei o texto, bem escrito!
    *-*
    volte sempre.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Coisas Boas

Resenha : Os Crimes do Mosaico - Guilio Leoni